Indústrias vão gerar 3 mil vagas em Feira de Santana

79

Obras da Parambu, distribuidora de alimentos que vai gerar 100 empregos - Foto: Fotos Luiz Tito l Ag. A TARDE

Foto Luiz Tito l Ag. A TARDE

Obras da Parambu, distribuidora de alimentos que vai gerar 100 empregos

Em tempos de desaceleração da economia, Feira de Santana aposta na instalação de indústrias para criar cerca de três mil empregos ao longo dos próximos três anos. A lista de vagas abertas pelas empresas que procuraram o Centro Industrial de Subaé (CIS) desde 2013 atinge 4.426. Mas boa parte desses postos já foi preenchida em  unidades  instaladas nos últimos meses. No total, o valor investido deve chegar a R$ 500 milhões.

Uma das maiores atacadistas do país, a mineira Peixoto, tem quase 200 funcionários no Centro de Distribuição (CD) montado em Feira para atender às regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste com mais de 2.600 itens de seu catálogo.

“Feira atrai muitos investimentos por ser um entroncamento facilitador do escoamento da produção para as mais diversas regiões do Brasil, principalmente o Norte e o Nordeste”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jorge Hereda, por meio de sua assessoria.

Até o final deste ano, deve entrar em operação no CIS a unidade feirense da Colormaq, empresa de origem paulista que monta móveis e eletrodomésticos a partir de componentes importados principalmente da China.

Presente em Juazeiro, onde monta armários, a empresa vai usar Feira de Santana como base para a montagem de máquinas de lavar e tanquinhos. A Colormaq não quis se manifestar, mas o departamento de marketing da empresa, em São Paulo, admitiu que nas próximas semanas um preposto da filial de Juazeiro irá a Feira para começar a selecionar currículos.

“Em um primeiro momento, quando as empresas se instalam, a tendência é que a seleção seja feita pelos respectivos departamentos de pessoal”, afirma a diretora administrativa da Humanos RH, Marilene Fernandes, que atesta o baque sofrido no mercado de trabalho em geral no último ano. Durante o mês passado, sua empresa fez 50 processos de recolocação profissional. Um quarto do desempenho  da Humanos em julho de 2014, mês da Copa, quando não se falava ainda em crise econômica no país.

Vantagem geográfica

E é a intensidade da crise que vai ditar o ritmo da expansão das contratações em algumas plantas industriais do CIS. Mas, para algumas empresas, o início das contratações independe da crise. “A Colormaq está dependendo da chegada de alguns equipamentos da China para começar a operar”, afirma o diretor do CIS, Jayro Miranda. Ele explica que os cerca de três mil empregos que devem ser criados ao longo dos próximos anos estão distribuídos por setores tão diferentes quanto metalurgia, indústria de alimentos e distribuição de luminárias.

Com mais de 1,1 mil unidades industriais em toda a cidade, Feira de Santana tem o terceiro maior PIB do estado, atrás de Salvador e Camaçari. A maior cidade do interior do Nordeste busca se tornar uma alternativa de mercado de trabalho em relação ao Polo Industrial de Camaçari.

Uma esperança a mais para  os feirenses que estão desempregados. Sem trabalho há oito meses, Erick Santos Rocha,   24 anos, está mandando currículos para as novas empresas. “Fiz uma entrevista e estou esperando a resposta”, disse.

Miranda aponta a localização geográfica de Feira como um trunfo na atração de empresas. Situada no entroncamento das BRs 101, 116 e 324,  com um aeroporto prestes a receber voos noturnos e próxima aos portos de Aratu e Salvador, a cidade tem se tornado atrativa para indústrias e centros de distribuição. E pode criar milhares de empregos na cidade. Apesar da crise.

Empresas e vagas

Marshall Indústria e Comércio – Distribuição de luminárias 913 vagas Investimento de R$ 50,5 milhõeswww.glight.com.br

Sigma Comércio e Serviços – Metalurgia 500 vagas Investimento de R$ 29,5 milhões www.grupotecnomont.com.br

Quero Bahia – Fabricação de camas-boxe e colchões  194 vagas  Investimento de R$ 23  milhõeswww.redequerobahia.com.br

Peixoto Comércio – Atacado Distribuidor 380 vagas  Investimento de R$ 8,5 milhões www.peixoto.com.br

Kaizen Transporte e Assessoria – Central de distribuição 164 vagas  Investimento de R$ 12,1 milhõeswww.grupokaizen.com.br

Power Water do Brasil – Fabricação de combustíveis  46 vagas Investimento de R$ 10,8 milhões www.powerwater.com.br

*A tarde

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.