Química é opção para quem quer colocação mais rápida

Por Ascom

Uma pesquisa do instituto de recrutamento Robert Half mostrou que 87% dos profissionais pensam em procurar um novo emprego em 2017. Os cursos técnicos surgem como uma boa opção para quem busca recolocação em uma nova área ou até mesmo os primeiros passos no mercado de trabalho. As vantagens incluem desde a capacitação em menor tempo até o fator investimento, que é menor, se comparado ao de um ensino superior tradicional. E, para quem se interessa pela área da indústria química, o Plano de Desenvolvimento e Inovação da Indústria Química está prevendo um investimento de R$ 2,2 bilhões para as operações ainda neste ano de 2017. Por isso, o curso de Técnico em Química está em alta na preferência de quem anda procurando qualificação. O curso dura cerca de dois anos e, entre outros, prepara o aluno para operar e coordenar processos químicos que ocorrem nas indústrias e manipular os equipamentos utilizados.

Para ingressar nesse tipo de formação, a pessoa precisa estar frequentando ou já ter concluído o ensino médio. Quem passar pelas aulas, sai preparado também para trabalhar em laboratórios, com análises de substâncias e controle de qualidade, para atuar na venda de produtos e na assistência técnica. “Somos a única instituição que oferece o curso de Química na região de Camaçari. Com a nossa excelente estrutura de laboratório, temos a condição de oferecer aos nossos alunos um curso diferenciado. Com a proximidade do Polo Petroquímico, aumentamos também a oportunidade de emprego que pode ser oferecida”, explica Anderson Braga, sócio mantenedor do CETTPS, instituição de referência no ensino técnico localizada em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. A escola terá aulas para o curso de técnico em Química a partir do dia 10 de julho, com vagas para a turma noturna. Mais informações sobre o conteúdo do curso, basta acessar o site www.cettps.com.br.

*Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.