Programa global da SAP abre oportunidades de estágio para pessoas com autismo

Entre para nosso grupo no telegram: t.me/seligacamacari

O Autism at Work promove em março curso de formação para inserir pessoas diagnosticadas com autismo no mercado de trabalho

Em parceria com a Specialisterne, empresa que proporciona a inclusão de pessoas com autismo em ambientes corporativos, a SAP dá início, no Rio de Janeiro, a partir de março, ao programa Autism at Work. A iniciativa promove cursos de formação de consultores para pessoas com diagnóstico de TEA (Transtorno do Espectro do Autismo). Nessa primeira etapa, os que se formarem já concorrem a duas vagas de estágio. Em todo o mundo, desde seu lançamento em 2013, o Programa Autism at Work promoveu a contratação de 100 empregados nas subsidiárias SAP, seis deles no Brasil.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Segundo dados da ONU, um em cada 68 indivíduos apresenta algum transtorno do espectro do autismo, sendo que 80% está desempregado. O projeto da SAP tem como objetivo promover a inclusão dos diagnosticados com TEA no mercado de trabalho.

Informações gerais:

•  Duração do programa: 4 semanas, com possibilidade de contratação, ao final, para um estágio

•  Idade mínima: 18 anos

•  Perfil do público: estudantes com motivação para estagiar na SAP, com diagnóstico de TEA. É desejável que o candidato tenha conhecimento em Excel e na língua Inglesa.

•  Formação necessária: cursando Ensino Superior – a partir do primeiro semestre.

Para participar do programa, os interessados devem entrar em contato com Fernanda Lima, diretora de formação, pelo e-mail: [email protected]