Unigel vai investir R$ 95 milhões para reabertura da Fafen no Polo Industrial de Camaçari

Unigel vai investir R$ 95 milhões para reabertura da Fafen no Polo Industrial de Camaçari 1
(Foto: Reprodução)

A Unigel, que conquistou recentemente a medalha de Ouro em Sustentabilidade no programa Together for Sustainability depois de todas as suas unidades passarem por rigorosa auditoria, vai investir R$ 95 milhões no Polo Industrial de Camaçari para reabertura da unidade baiana da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), arrendada pela Proquigel, que faz parte do seu grupo. Além disso, já investiu cerca de R$ 15 milhões na reabertura de três linhas de produção de chapas acrílicas no município de Candeias, cuja demanda é o mercado de equipamentos de proteção contra a Covid-19.

Para reabertura da Fafen foi assinado protocolo de intenções com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Com previsão de operação no início do próximo ano, o investimento anunciado é de R$ 95 milhões, com geração de 1 mil vagas na manutenção preliminar e 320 empregos diretos, quando voltar a operar. A unidade vai produzir amônia, uréia, arla e dióxido de carbono, com capacidade de produção de até 3,38 mil toneladas/dia.

Envie currículos:
Como enviar currículo para empresas do Polo Industrial de Camaçari
Kimberly-Clark Camaçari está entre as três melhores empresas para trabalhar no Brasil
Trabalhe na Fábrica da Continental em Camaçari, como enviar seu currículo
Como enviar currículo para vagas de emprego na Ford em Camaçari

Segundo Roberto Fiamenghi, diretor de Relações Institucionais da Unigel, a parada da Fafen  foi muito ruim para os funcionários que perderam seus empregos e também para o mercado, pois, com o fechamento, 100% do fertilizante nitrogenado está sendo importado. “A Fafen parou suas atividades porque estava deficitária, o preço do gás natural estava muito alto. Estamos buscando alternativas de fornecimento de gás natural, o mercado de gás está mudando e hoje oferece melhores condições. O protocolo com o Governo da Bahia prevê o diferimento do imposto na compra ou importação do gás natural, além de outros incentivos para operação da Fafen. Vale ressaltar o ganho social com a geração de vagas de trabalho. Na fase de manutenção, que antecede a reabertura, pode chegar a 1 mil empregos”, explica Fiamenghi.

O vice-governador da Bahia, João Leão, diz que “é importante ressaltar o esforço do Governo do Estado para reabertura da Fafen, única produtora nacional de fertilizante nitrogenado. Esta unidade tem uma importância enorme para a Bahia e o país. Com a sua hibernação, o produto passou a ser importado. A maior reivindicação era a questão do gás e o governo trabalhou para regulamentar o consumidor livre, permitindo que os usuários negociem seu próprio suprimento. Outra questão importantíssima será a parte social com a criação de novos empregos”.

Equipamentos de proteção

O investimento da Unigel de R$ 15 milhões para reabertura das três linhas de produção de chapas acrílicas no município de Candeias impulsiona a geração de 150 empregos diretos e 350 indiretos. A meta é ter todas as linhas em pleno funcionamento até agosto, com produção estimada de 1 mil toneladas/mês. Toda a produção está vendida até o final de outubro e neste momento 100% do produto será exportado. As chapas são utilizadas para equipamentos de proteção contra a Covid-19.

De acordo com Wendel Souza, diretor Geral de Operações Comerciais da Unigel, o planejamento inicial para 2020 era reativar apenas uma linha de produção, mas a crescente demanda pelo produto em razão da pandemia e as perspectivas de vendas a longo prazo permitiram a reabertura das três linhas de produção. “Quando hibernamos, estávamos com um mercado super estrangulado, com material sobrando no mundo e a competitividade muito baixa. Com o Covid-19, vários lugares passaram a utilizar a chapa acrílica como barreira para evitar a contaminação entre cliente e o trabalhador, em especial, no exterior. Acreditamos que é um mercado novo que surge e que veio para ficar mesmo pós-pandemia, quando trabalharemos com mercado de reposição”, afirma Souza.

Medalha de ouro

A recente conquista da medalha de Ouro em Sustentabilidade no programa Together for Sustainability posiciona a Unigel no seleto grupo de 5% das melhores empresas do setor químico do mundo nas questões de sustentabilidade em quatro temas diferentes: Meio Ambiente, Direitos Trabalhistas & Humanos, Ética e Compras Sustentáveis. Todas as unidades do Grupo Unigel, incluindo as situadas em Candeias e Camaçari, passaram por rigorosa auditoria para alcançar essa premiação.

De acordo com Paulo Roberto Fonseca, gerente de Sustentabilidade da Unigel, “as atividades industriais em sinergia com a segurança das pessoas e com o meio ambiente, respaldadas por princípios éticos e de respeito ao trabalhador, disseminados em todos os níveis da organização, são determinantes para que as unidades do Grupo Unigel, incluindo-se as situadas em Candeias e Camaçari, contribuam para essa inédita conquista”. Ele conta que “recentemente, passamos por auditorias presenciais da iniciativa setorial Together for Sustainability, possibilitando que nossas práticas fossem verificadas e, principalmente, evidenciadas. Não obstante, nossos processos atendem inúmeros requisitos, com certificações que corroboram a maturidade de nossas políticas e procedimentos, do Prêmio Polo (Categoria Ouro), Programa Atuação Responsável (Abiquim), da ISO 9001:2015 (Qualidade) e do Código internacional do Cianeto”.

A Unigel iniciou sua participação no programa Together for Sustainability em 2014, passando por auditorias periódicas e avaliação anual. Até 2018 tinha a medalha de Bronze, em 2019, conquistou a medalha de Prata e agora, em 2020, a classificação Ouro. Para Adriana Carvalho Gerson, analista de Gestão da Qualidade das fábricas da Bahia e que participou de todas as auditorias presenciais, “os esforços investidos no cumprimento de políticas e procedimentos definidos em nosso Sistema de Gestão Integrada (SGI) se demonstram nos resultados obtidos, inclusive durante as auditorias do programa. A interação e colaboração entre as equipes multidisciplinares, as práticas de desenvolvimento dos colaboradores, a busca pela melhoria contínua e a gestão de recursos naturais fazem parte do SGI, sendo primordiais para alcançarmos a nova classificação, nos incentivando para seguir com práticas cada vez mais sustentáveis”.

Considerando que a auditoria do Together for Sustainability avalia todos os processos e projetos da empresa, Paulo Roberto Fonseca, gerente de Sustentabilidade da Unigel, destaca alguns projetos da unidade de Camaçari: “Através da integração energética entre equipamentos, por exemplo, implementamos um projeto que visa o aproveitamento da água residual em trocadores de calor, reduzindo custos com manutenção, consumo de água e de vapor. Outra oportunidade identificada e transformada em uma iniciativa foi o fornecimento de vapor recuperado entre unidades de Camaçari, resultando em cerca de 67 mil toneladas de vapor reaproveitado, evitando, assim, a queima de gás natural e geração de gases de efeito estufa. Outra conquista importante foi a redução de 4% no consumo de água por tonelada produzida em 2019”.

Reforçando o compromisso social, a Unigel mantém seu apoio na educação local através do Centro de Edu­cação Gisella Tygel (Candeias) e da Escola Técnica XIV de Agosto (cerca de 1.300 alunos) e em projetos envolvendo seus familiares. Além disso, criou o “Comitê Sócio Ambiental” que apoia no diálogo com a comunidade, por meio da qualificação e integração em campanhas de saúde e bem-estar. A Unigel também possui um Canal Aberto, disponível em diversos meios para todos os funcionários, onde é possível registrar sugestões, elogios e relatos, em compromisso com seu código de ética e conduta.